quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Encontro de Socios em Itupeva

À parte a piadinha infame, poderíamos começar cantando “O Arnesto nos convidou...”, do saudoso Adoniran Barbosa em “Samba do Arnesto”, mas diferente da música, tivemos mais sorte, pois o Ernesto estava lá e nos recepcionou com muita simpatia!

Atendendo aos pedidos de diversos sócios, a ACervA Paulista resolveu testar um novo dia para o encontro dos sócios... Domingo... Nossa reunião ocorreu na ROFER – Cerveja Artesanal, em Itupeva, tocada pelo simpático Ernesto Tonante. O cenário não poderia ter sido melhor.

Ao fundo, churrasco e cervejas nos esperando


Papinho animado em um dos vários lagos da Rofer.


Recepcionando a turma, estava nosso amigo Hugo (Back Yard Bier), já com um churrasquinho na brasa e algumas belas cervejas.


Bancando o galã, Ademir Marchiori


Nossa primeira atividade foi visitar a fábrica do Rofer, instalada em um prédio com muita história (Durante anos foi a fábrica de violões Tonante) e hoje convertida em uma bela planta, com uma capacidade mensal de aproximadamente 7 mil litros, produzindo 4 estilos, Pilsen, Gold Lager, Escura e Ale.

Entrada da fábrica da Rofer


Logo na entrada, um belo bar nos recepciona com as cervejas da casa “on tap”. Nem precisa dizer que foi um dos lugares de maior concentração dos cervejeiros!

Daniel pilotando a torneira no bar da fábrica
e sua inseparável companheira Camila


Bela vista!

As instalações da fábrica, que são um belo exemplo de organização e limpeza, fizeram com o que os olhos de muitos sócios brilhassem! E tivemos o atencioso Ernesto tirando todas as dúvidas, respondendo todas as perguntas com muita paciência e humor, e olha que alguns sócios alugaram o ouvido dele por horas!

Manetta, Paulo Mioto, Carlo Coiro (Novo Sócio) e Marco Aurélio


Nos chamou a atenção os detalhes da decoração do bar, os equipamentos brilhantes e limpos da fábrica e o escritório anti-stress, estrategicamente localizado em um mezanino, em cima do bar e de olho na produção.

Escritório anti stress.


Ademir Marchiori e Afonso Landini


Ademir Marchiori e cunhado – beervangelização em família


Após a visita, voltamos ao local que nos esperava com um belo churrasco, onde pudemos continuar nossa conversa regada a boas cervejas, como a “Kalevipoeg” do Hugo (Back Yard Bier), uma Baltic Porter de peso, que alguém mais desavisado poderia se surpreender com seu teor alcoólico com seus quase 9%, tão boa quanto a história do porque do nome.


Alessandro (com a Kalevipoeg no copo), Daniel e Camila.


Além desta, vários sócios trouxeram suas crias, como a ESB dos Lamas (mesmo que não fisicamente), a ESB do Daniel, que levou também uma “Extreme Oak” (Nome que eu dei, não lembro seu nome real), que teve uma adição generosa de chips de carvalho, uma outra extrema, da Sorocabana do Marcus Alves, que era uma “infinity” de maltes Cara alguma coisa, além de várias outras que já não lembro muito bem, que foram alternadas com as produzidas pela Rofer.

Foram feitas também experiências sensoriais com a Brahmetta, a pilsen do Manetta, que serviu de base para a adição de extratos de lúpulo trazidos pelo Alex Wirz, embora tenha sido difícil avaliar os resultados, depois de ter experimentado tantas boas cervejas.

Preparação da “Análise sensorial”


Enfim, um agradável domingo, cercado de bons amigos, novos e antigos, boas cervejas e boas risadas e ainda tivemos o prazer de ver alguns sócios demonstrarem o amor a causa e não perderem a oportunidade de beervangelizar uma família que, por acidente, foi parar no meio de nosso encontro.

Resumindo, mais um encontro de sucesso para os registros!

Por último, um fato digno de nota. A ala feminina da ACervA está tomando forma, as esposas/noivas/namoradas dos sócios parecem estar cada vez mais envolvidas na “causa”, estamos vendo nos últimos encontros idéias sendo discutidas, sugestões e experimentos de novas cervejas e muita empolgação... Não duvido nada que venha a surgir um “movimento” dentro do movimento.

Quem sabe novidades não surjam num futuro bem próximo!

As damas da ACervA Paulista!


Um agradecimento final ao Hugo e a diretoria da ACervA pela organização, ao Ernesto e equipe pela recepção e a todos os sócios que fizeram deste mais um encontro inesquecível.


Já disse isso outras vezes, mas não custa repetir... Dá gosto de participar desta associação!


Pão e Cerveja!

Alessandro Morais
Sócio da ACervA e cervejeiro amador.


* Fotos gentilmente cedidas por Ademir Marchiori e Alex da Ros

Nenhum comentário:

Postar um comentário